Felipão interrompe entrevista de Deyverson, do Palmeiras, e dispara contra imprensa: “Vão para o inferno”

Esportes

O técnico Luiz Felipe Scolari se irritou com uma entrevista do atacante Deyverson ainda no gramado da arena, logo após a vitória do Palmeiras por 3 a 2 sobre o Santos, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

Deyverson respondia a uma pergunta do repórter Marco Aurélio Souza, da TV Globo, sobre o resultado do clássico quando Felipão o interrompeu e o levou em direção aos vestiários do Verdão.

– Deu, deu… Sem entrevista! Vão para o inferno! – esbravejou Felipão.

Minutos antes, Deyverson havia se envolvido em uma confusão com jogadores do Santos. Após o apito final, Deyverson fez uma dancinha que foi considerada desrespeitosa e provocativa por alguns jogadores do Santos, que partiram para cima dele.

Na entrevista coletiva, Felipão disse que Deyverson tem uma “chavezinha que não funciona” e pediu que a imprensa evitasse entrevistá-lo. O treinador cogitou até multar ou proibir que os jogadores concedam entrevistas depois dos jogos.

– Eu vou falar uma coisa aqui. Peço desculpa a vocês também. Mas, por favor, o Deyverson, como ele já disse, tem alguma coisa, uma chavezinha que não funciona. Se ele já disse isso para vocês, e aí quando termina o jogo tem aquela confusão, quem que vocês vão pegar como primeiro? Para vocês, é ótimo. Para mim, é um inferno, porque depois eu tenho que ir lá na CBF, no STJD, o Deyverson falou isso, pegam a fita. Ou vou passar agora a cobrar uma multa de todo mundo ou eu vou proibir de falarem, por causa de um. Se vocês puderem ajudar, tudo bem. Se não puderem, eu vou tomar outra atitude. O Deyverson não tinha nada que estar falando ali – disse Felipão.

O técnico ainda alertou Deyverson sobre os perigos de se envolver em tantas confusões em um curto espaço de tempo, como tem acontecido desde a chegada ao Palmeiras.

– Os jogadores dos outros times já estão querendo arranjar qualquer situação para o Deyverson. Ele não se dá conta de que ele vai ser o prejudicado. Os outros não vão ser, porque não tem o imediatismo que ele já teve por algumas coisas que já fez. E vou ter que tomar uma atitude. Ou para lá ou pra cá eu vou ter que tomar – prometeu Felipão.

 

Fonte: Diário do Sertão

Foto: Deyverson na saída de campo após confusão (Autor da foto: Marcos Ribolli)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *