O descaso da PMJP com a Rua Malaquias Timóteo de Sousa, no Cuiá

Trafegar pela rua, nem pensar. Transitar carros, fora de cogitação. Se no período sem chuva é assim, imagina quando cai um temporal? A rua vira uma verdadeira corrente de água, intransitáveis para todos os moradores. E o pior: a informação é de que a mesma consta como calçada nos anais da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Esta é a realidade da Rua Malaquias Timóteo de Sousa, no Bairro de Cuiá, na Capital. As pedras ocupam os lugares do calçamento inexistente, danificando os canteiros das residências  e dificultando a locomoção dos pedestres. Essa é a convivência da população ao longo dos 20 anos.

As pessoas mais idosas são as que mais sofrem, pois são obrigadas a ficarem dentro de suas residências. Quando se arriscam a sairem de casa, algumas caem pelo caminho, precisando serem socorridas por terceiros.

Os moradores da Rua Malaquias Timóteo de Sousa pedem socorro aos órgãos públicos. A caótica situação já foi repercussão estadual no quadro Calendário, da TV Cabo Branco e em outros veículos de comunicação da grande João Pessoa.

Abaixos-assinados já foram feitos pelos moradores pedindo providências, mas, a solução ainda não chegou. “Vivemos nesse sacrifício durante 20 anos. Já não sabemos mais a quem recorrer”, disse o pastor Cleiton Pereira da Silva, um dos moradores. “Esperar a proteção divina. Jà estamos preocupado com o período do inverno”, afirmou ele.

Texto e Fotos: Marcos Lima

Compartilhar:

(Visited 17 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *