Escolas e creches da rede pública municipal de Alhandra-Pb são alvos de Operação da PC

O objetivo da ação é subsidiar inquérito policial, instaurado pela Delegacia de Combate à Corrupção, para apurar supostos indícios de desvio de verba pública de R$ 261 mil.

A operação contou com apoio de três equipes de peritos, além de policiais civis de outras três delegacias (Foto: Walla Santos)

Delegados, agentes e peritos criminais da Polícia Civil da Paraíba realizaram uma operação nesta quarta-feira (11) na cidade de Alhandra. Escolas e creches da rede pública municipal foram alvos de perícias para analisar as condições de manutenção e uso das mobílias, como carteiras, mesas e cadeiras.

Ao todo, serão periciadas 21 unidades educacionais da cidade, sendo três creches e 18 escolas de ensino fundamental. O objetivo da ação é subsidiar inquérito policial, instaurado pela Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor), para apurar supostos indícios de desvio de verba pública de, pelo menos, R$ 261 mil.

Segundo o delegado Allan Terruel, titular da Deccor, o mobiliário das unidades de ensino passará por análises para ser verificado se foram submetidos a serviços de manutenção, como revelam documentos investigados pela Polícia.

“O objetivo da operação é realizar perícias em carteiras escolares que, em tese, o poder público teria pago cerca de R$ 261 mil, em 2019, para providenciar reformas, que não teriam sido realizadas”, afirmou o delegado.

A operação contou com apoio de três equipes de peritos, além de policiais civis de outras três delegacias, que auxiliaram nos trabalhos. A ação foi coordenada pela Decoor.

Compartilhar: