Abusos de Bolsonaro levam OAB, ABI e CNBB a promoverem evento e pedirem reação

Os Presidentes da OAB, ABI, CNBB e Comissão Arns, em texto publicado neste domingo pediram neutralização urgente das ameaças às instituições democráticas do Brasil e respeito à Constituição Federal de 1988.
O texto começa dizendo: “Constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil, entre outros, ‘construir uma sociedade livre, justa e solidária, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação’”.

Para vencer as ameaças às instituições brasileiras, é sugerido pelos representantes buscar “lúcida compreensão e práticas democráticas”.

“É preciso reafirmar, no momento atual do país, com todas as nossas forças, que a democracia é o único regime político capaz de implementar a sociedade prevista na Carta Cidadã”, conclui o texto.

Os Presidentes da OAB, AB, CNBB e Comissão Arns são, respectivamente, Felipe Santa Cruz, Paulo Jeronimo de Souza, Dom Walmor Oliveira de Azevedo e José Carlos Dias.

Compartilhar: