Após reunião da Uefa, final da Champions League pode ser com portões fechados

Nesta quarta, 1, a Uefa organizou uma reunião por meio de videoconferência para debater sobre o futuro das principais competições do continente. Além disso, a entidade discutiu sobre contratos de jogadores e a janela de transferências diante da crise que assola a população mundial por causa da pandemia global de coronavírus. Com isso, as ligas nacionais e continentais planejam que as principais finais sejam sem público.

De acordo com o jornal inglês ‘The Independent’, várias reuniões já foram realizadas e todos desejam encerrar a temporada 2019/20 antes do início de 2020/21. Vale destacar que no final de março, a Champions League e a Europa League foram suspensas sem previsão de retorno.

Diante disso, a entidade organizou dois grupos para buscar as melhores soluções para enfrentar a crise. Um deles é relacionado à logística da liga e outro ligado às questões financeiras com análise de contratos de transmissão de jogos e possíveis prejuízos no atual cenário.

Neste sentido, aumenta a pressão econômica, já que a falta da renda dos jogos tem pesado nos cofres dos clubes europeus. O reflexo é ainda maior nas ligas menores, conforme disse a Associação da Liga Européia. Na Alemanha, segundo fontes, muitos clubes da segunda divisão estão à beira da falência, e clamam por medidas drásticas.

Outro aspecto importante na economia do futebol mundial é a geração de empregos que esta indústria traz para a Europa e a grande quantidade de profissionais afetados com a crise. Dessa forma, estes grupos tentam encontrar soluções para finalizar a temporada e as finais com portões fechados parece ser a mais acessível no momento.

Segundo a Uefa, os planos para retomar às atividades serão avaliados mensalmente, pois cada país apresenta uma realidade diferente diante da propagação do vírus e do número de contaminados e óbitos. Sendo assim, cada governo local decretou uma ordem e períodos de quarentenas diferentes.

Por fim, apesar da crise que impacta diretamente o futebol mundial, as partes estão otimistas, mesmo que a temporada 2020/21 comece com atraso. Até o momento, não há nenhum sinal de interromper o planejamento e a logística das competições da próxima temporada.

Fonte: Lancenet

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *