Pai de Gabriel Diniz divulga projeto para arrecadar dinheiro

‘Vamos curtir Gabriel Diniz na casa de vocês para ajudar a arrecadar benefícios para ajudar pessoas que sofrem com essa pandemia’, disse Cizinato Diniz

Cizinato Diniz, pai do cantor Gabriel Diniz, que morreu aos 28 anos em um acidente aéreo em maio do ano passado, anunciou que vai contribuir para o combate da pandemia do novo coronavírus, seguindo o exemplo de outros artistas.

“Vamos curtir Gabriel Diniz na casa de vocês para ajudar a arrecadar benefícios para ajudar pessoas que sofrem com essa pandemia. Vamos doar, ajudar os outros e compartilhar a alegria de Gabriel Diniz”, escreveu o empresário em uma publicação nas redes sociais.

Na foto de divulgação, a frase “não é uma live, mas poderia ser” chamou atenção de muitos internautas e fãs, que ainda lamentam a morte do cantor. “Farei questão de assistir, ele merece essa homenagem”, afirmou uma seguidora. A gravação será exibida no canal do YouTube de Gabriel Diniz no próximo dia 16 de abril, às 20h.

Gabriel Diniz se tornou nacionalmente conhecido pelo single “Jenifer”, cujo clipe continha a atriz Mariana Xavier. A canção entrou rapidamente na lista dos maiores hits da música nacional e foi um dos maiores sucessos do Carnaval de 2019. “Me sinto abençoado por Deus ter posto ‘Jenifer’ em minhas mãos”, chegou a dizer Diniz em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

Conhecido também como GD, o cantor de arrocha -mescla de forró e axé- fala sobre um rapaz que toma um pé na bunda da namorada e dá a volta por cima. Escrita por um coletivo de Goiânia, a composição foi oferecida a expoentes da música extremamente popular brasileira, como Wesley Safadão e Gusttavo Lima, que a rejeitaram por destoar de suas esticas de moços de família.

Antes de ocupar as paradas das plataformas de streaming, Gabriel Diniz começou sua primeira banda, chamada Loucos Por Forró, quando estava na escola, em João Pessoa.

A tragédia que tirou a vida do artista aconteceu no dia 27 de maio do ano passado. Diniz estava indo se encontrar com a namorada e a família em Maceió (AL), quando o monomotor caiu na cidade de Estância, na região de manguezal do Porto do Mato, perto da divisa entre Sergipe e Bahia. A aeronave não tinha autorização para fazer táxi aéreo.

Fonte: Folha de Pernambuco

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *