Menor é detido e confessa assassinato de Levi Borges

a Polícia pernambucana agiu rápido e já conseguiu prender duas pessoas supostamente assassinos do advogado paraibano Levi Borges de Lima. Eles já teriam assumido a autoria do crime. O suposto atirador, um menor de idade foi o primeiro a ser detido, informando o local onde estaria o outro comparsa, pessoa responsável pela fuga.

O segundo homem foi preso em uma padaria no bairro de Boa Viagem. As primeiras informações repassadas a imprensa pela polícia de Pernambuco, com base no que informaram os dois acusados são de que eles  estariam na busca de uma “Pajero Branca Top”, um veículo modelo SUV, parecido com o do advogado paraibano, um Toyota SW4 SRV, de cor branca. O carro teria sido uma encomenda para ser repassado a um traficante local.

Levi Borges foi assassinado numa tentativa de assalto na tarde da última quinta-feira, 9, em um condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco. Ele foi abordado pelos assassinos na enteada do condomínio, quando foi alvejado a bala. .

Levi  ainda chegou a ser socorrido para uma UPA – Unidade de Pronto Atendimento, no entanto, morreu ao dar entrada no local.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *