Bolsonaro diz em vídeo que família é perseguida e por isso quer troca de delegado da PF

O advogado de Sergio Moro, Rodrigo Sánchez Rios, defendeu a divulgação, na íntegra, do vídeo da reunião ministerial em que Jair Bolsonaro ameaçou demitir o ex-ministro.

“Assistimos hoje ao vídeo da reunião interministerial ocorrida em 22 de abril. O material confirma integralmente as declarações do ex-ministro Sergio Moro na entrevista coletiva de 24 de abril e no depoimento prestado à PF em 2 de maio. É de extrema relevância e interesse público que a íntegra desse vídeo venha à tona. Ela não possui menção a nenhum tema sensível à segurança nacional”, diz nota divulgada pelo advogado.

Vídeo Devastador – O vídeo da reunião ministerial de 22 de abril é devastador.

Jair Bolsonaro associou a troca do superintendente do Rio Janeiro à necessidade de proteger sua família, dizendo que ela está sendo perseguida.

Celso de Mello tem de permitir que todos os brasileiros assistam a esse vídeo.

Fonte: O Antagonista

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *