Paulo Cachorrão é morto a tiros por motoqueiros no Distrito Industrial

O presidiário “Paulo Cachorrão”, como era artisticamente conhecido o funkeiro Paulo Josafá da Silva, foi assassinado com vários tiros na manhã desta terça-feira, 12, no Distrito Industrial, em João Pessoa. Dois homens pilotando uma moto, segundo testemunhas, seriam os autores do crime. A vítima retornava para a Penitenciária Média, em Mangabeira, após trabalho em uma padaria.

Paulo Cachorrão cumpria pena no regime semiaberto na Penitenciária Média, em Mangabeira. Ele era acusado de vários homicídios, principalmente no bairro onde nasceu, Cruz das Armas. No entanto, a vítima se dizia arrependido dos crimes e trilhava no lado artístico, chegando a gravar várias músicas, algumas tocadas até nas emissoras de rádio da Capital.

A Polícia Militar e uma unidade móvel do Samu estiveram no local onde Paulo Cachorrão estava caído devido aos tiros, porém, nada puderam fazer, já que o mesmo se encontrava morto. O corpo foi removido para a Gerência de Medicina Legal (Gemol), no Bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *