FUTEBOL FEMININO – ALPB exclui mulheres atletas de MP que incentiva o esporte

O futebol feminino da Paraíba, que ao longo dos anos vem resgatando cidadania a muitas mulheres e acabando com a homofobia, o machismo e a discriminação, mais uma vez foi deixado de lado pelos deputados estaduais. Nesta quarta-feira, 13, os parlamentares, em sessão remota por meio de videoconferência, aprovaram a Medida Provisória 289/2020, que institui o incentivo ao Esporte do Estado, por meio dos programas ‘Paraíba Esporte Total’ e ‘Bolsa Esporte’.

 

Recursos na ordem de R$ 7 milhões serão investidos, com aplicações de R$ 4,2 milhões para o futebol masculino profissional e o restante para apoio aos atletas paraibanos e incentivos a prática de outros esportes. A MP, denominado ‘Incentiva Esporte’, tem como finalidade incentivar o futebol profissional masculino da Primeira Divisão do Campeonato Paraibano e os demais clubes e entidades que desenvolvam o desposto e o paradesporto de alto rendimento.

Um debate acirrado com muitas discussões e questionamentos foi feito entre a deputada estadual Camila Toscano, e deputados governistas para contemplar o futebol feminino da Paraíba. Apesar dos argumentos da deputada Camila Toscano de que o futebol feminino merece respeito, apoio, incentivo e visibilidade, sua proposta foi rejeitada, o que deixou a parlamentar bastante constrangida.

Na noite desta quarta-feira, a Assessoria de Comunicação da Assembléia Legislativa da Paraíba, em matéria divulgada no portal da ALPB, informou que o deputado Jeová Campos, que integra a base do governador João Azevedo, fez solicitação ao plenário e foi acordado para  próxima quarta-feira a votação de um projeto de indicação para a inclusão do futebol feminino na Medida Provisória 289, já aprovada.

Caso os parlamentares acatem a solicitação do deputado Jeová Campos, equipes de futebol feminino da Paraíba, com destaques para Botafogo, Kashima, Mixto, Auto Esporte, Guará, São Paulo Cristal e Treze, que disputaram o Campeonato Estadual de 2019, deverão ser contemplados.

Por Marcos Lima

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *