Pleno presta Votos de Pesar a Marcos Paiva, Wilson e Lúcia Braga, vítimas da Covid 19

Na abertura da 6ª sessão ordinária judicial desta quarta-feira (20), o Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba prestou, por unanimidade, Votos de Pesar ao médico cirurgião Marcos Paiva, ao ex-governador Wilson Leite Braga e a sua esposa e ex-deputada federal, Lúcia Braga, vítimas do coronavírus (Covid – 19). As menções foram de outorgas do presidente do Poder Judiciário estadual, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, e do desembargador Joás de Brito Pereira Filho.

Ao falar do amigo, o desembargador Márcio Murilo ressaltou que Marcos Paiva era uma pessoa humilde e querida em toda o Estado. “Ele era o cirurgião dos pobres e deixa um registro para todos os paraibanos, não só como profissional, mas como ser humano e músico. Infelizmente, Paiva foi mais uma das vítimas do coronavírus”, disse o presidente do TJPB.

Para o desembargador Joás de Brito, o ex-governador Wilson Braga e sua esposa, Lúcia Braga, prestaram relevantes serviços ao Estado, principalmente nas ações voltadas ao social. O magistrado relembrou, ainda, do Projeto Canaã, que beneficiou o Sertão da Paraíba com a construção de vários açudes. “Eram dois grandes amigos, o casal Wilson e Lúcia Braga”, falou o desembargador Joás de Brito.

O médico paraibano Marcos Paiva, de 67 anos, morreu no último dia 14 em João Pessoa. Ele era clínico geral e fazia parte da equipe médica do Hospital Samaritano há quase 40 anos.

A ex-primeira-dama da Paraíba, Lúcia Braga, tinha 85 anos e faleceu no Hospital Nossa Senhora das Neves, na Capital. Aos 88 anos, o ex-governador Wilson Braga morreu na noite de domingo (17).

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *