CAJAZEIRAS – Deputada Drª Paula diz ser vítima de Fake News, restabelece a verdade e declara confiança e apoio ao marido José Aldemir

Ela disse que trechos da sua entrevista foram editadas apenas com finalidade eleitoreira

A liberdade de expressão acaba no limite em que se tenta denegrir a imagem ou honra de terceiros, principalmente de pessoas públicas, a partir de notícias falsas (fake News). Mais grave ainda é editar trechos de uma fala de alguém que concede entrevista a uma emissora de rádio para extrair apenas o que se deseja, com finalidade claramente eleitoreira.

Foi com essas declarações que a deputada doutora Paula (Progressistas) se dirigiu à sociedade paraibana, em especial ao povo cajazeirense, para informar que foi vítima de fake News, ao tempo que reafirmou total apoio e confiança a José Aldemir – esposo e prefeito da cidade de Cajazeiras.

Doutora Paula afirmou, também, que em momento algum pôs em dúvida a honestidade administrativa do prefeito de Cajazeiras, ao conceder entrevista à rádio Alto Piranhas de Cajazeiras, no sábado (6).
Após a viralização da notícia falsa, em que, segundo a deputada, ocorreu a “maldosa” seleção de fala, a parlamentar voltou participar de entrevista desta vez no programa ‘Trem das Onze’, apresentado por Fernando Caldeira, para restabelecer a verdade e ratificar confiança e apoio ao esposo e prefeito.

No programa ‘Trem das Onze’, a deputada não só esclareceu os fatos como também defendeu o prefeito José Aldemir da acusação de prática de corrupção. “José Aldemir faz política por amor ao povo. Ele não faz política desviando recursos. Isso aconteceu em administrações anteriores e Cajazeiras sabe como José Aldemir trabalha e nunca em toda sua vida pública desviou recursos, afirmou.

A parlamentar disse, também, que respeita e admira a vida política de José Aldemir. “Tudo que aceitei, todos os obstáculos e dificuldades, com as ausências, tudo aceitei porque sabia que Deus deu a José Aldemir a missão de ser um pastor para trabalhar pelas pessoas que mais precisam, principalmente na Saúde”, acrescentou.

No que diz respeito a notícia falsa, a deputada garantiu que os responsáveis serão processados. “Os que cortaram a minha fala, que usam da mentira e da enganação para de dar bem politicamente, estes serão processados. Não se pode cortar a voz de uma pessoa para, a partir de uma seleção, atender a seus interesses. Política se faz é com a verdade, com respeito ao erário público, com respeito as pessoas, e não envergonhando os homens de bem”, disse.

Vida Pessoal
No que tange a questão pessoal, doutora Paula lembrou e destacou que ela e José Aldemir têm uma história de vida. “O grande amor da minha vida é José Aldemir. São quase cinquenta anos vivendo juntos, com minhas filhas, netos. É um amor que ninguém vai conseguir destruir, só a morte nos vai separar”, finalizou.

Crime
O crime de denunciação caluniosa com finalidade eleitoral, previsto na lei nº 13.834/2019, é tipificado como a conduta de “dar causa à instauração de investigação policial, de processo judicial, de investigação administrativa, de inquérito civil ou ação de improbidade administrativa, atribuindo a alguém a prática de crime ou ato infracional de que o sabe inocente, com finalidade eleitoral.

Fonte: a assessoria

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *