Bolsonaro recua e devolve os R$ 83,9 milhões ao Bolsa Família

O governo acaba de recuar e devolver os R$ 83,9 milhões do Bolsa Família que haviam sido transferidos para a Secretaria de Comunicação da Presidência.

A portaria que confirma o recuo foi publicada há pouco, em edição extra do Diário Oficial da União.

Ministério da Economia e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) soltaram notas na última semana para argumentar que a transferência poderia ocorrer por causa de sobras orçamentárias no Bolsa Família.

Como parte dos beneficiários foram transferidos para o coronavoucher, os gastos com o programa diminuíram.

O que fez o governo recuar foram as críticas de que o dinheiro extra para a Secom seria uma forma de romper o teto dos gastos. A transferência foi vista como uma tentativa de aumentar gastos que não estão relacionados ao combate à pandemia com “falsas” sobras orçamentárias, já que o dinheiro economizado do Bolsa Família não representa, na prática, uma diminuição de despesa para o governo federal.

Fonte: O Antagonista

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *