Secretário de saúde volta a defender apreensão de carros nas barreiras sanitárias

O secretário de saúde do município de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, voltou nesta terça-feira, 9, a defender a apreensão de veículos nas barreiras sanitárias feitas na cidade, em atenção a decretos governamentais de combate ao Covid 19 (novo coronavírus).

Segundo o secretário, o cidadão tem como obrigação conduzir seu veículo automotor com sua documentação regularizada, par evitar tais apreensões, mesmo entendendo que as barreiras sanitárias têm como objetivo conter a expansão de veículos em circulação.

As declarações de Adalberto Fulgêncio foram dadas durante o programa do radialista Samuka Duarte, na 98FM Correio, em acirrada discussão com um advogado popularmente conhecido como “Edson”. O advogado  provou ao secretário municipal de saúde que as barreiras sanitárias estão ilegais e que fugiu de sua obrigatoriedade e do interesse público.

Secretário e advogado não chegaram ao consenso nas discussões.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *