LUCENA – Cresce casos de arrombamentos a residências de veraneio com a pandemia da Covid 19

Proprietários de imóveis acostumados a passarem mais os finais de semana na cidade de Lucena, no litoral norte do Estado, têm denunciados com frequência os arrombamentos nas suas casas de veraneios. Este número tem aumentado consideravelmente depois da pandemia da Covid 19 (novo coronavírus), já que devido a decretos estadual e municipal, muitos deles preferiram ficar na Capital do Estado e/ou municípios vizinhos onde possuem residência fixa.

Várias também foram as queixas registradas no Posto da Polícia Militar de Lucena no sentido de que providências sejam tomadas, porém, pelo que se tem conhecimento, até o momento ninguém chegou a ser preso sob a acusação de arrombamento a imóveis.

Os veranistas criticam seguimentos da polícia local, principalmente da Delegacia Distrital sob a acusação de que, a mesma sempre está fechada quando é procurada. “Lamentável. Além de termos nossas propriedades arrombadas e estarmos impedidos de nossa presença em nossos próprios imóveis devido a pandemia da Covid 19, não temos a quem recorrer, pois dificilmente encontramos alguém na Delegacia de Polícia”, afirmou um veranista que pediu para não ter seu nome revelado.

Os donos das residências têm sido informados dos arrombamentos por vizinhos ou caseiros que, em algumas situações, chegaram a presenciar os bandidos fazendo a “farra” dentro do imóvel, porém, nada puderam fazer.

Esses proprietários fazem apelo para os órgãos de segurança no sentido de diligenciar com frequência nas comunidades, principalmente nos imóveis fechados localizados na orla marítima do município.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *