LUCENA – Advogado busca informação sobre arrombamento de residências para providências junto ao MPPB

Morador do bairro de Camaçari, bacharel informa que alguém deve ser responsabilizado pelos crimes praticados à população

Os constantes arrombamentos a residências na cidade de Lucena, no litoral norte da Paraíba, a falta de providência dos meios de segurança na cidade somados ao fechamento permanente da Delegacia Distrital da Polícia Civil no município, levaram, neste domingo, 14,o advogado Cícero de Lima e Souza, com residência fixada na Rua Odete Moura de Carvalho, bairro de Camaçari a encaminhar ao Comando da PM responsável pela área, requerimento solicitando o número de ocorrências (furtos e arrombamentos) nos últimos 60 dias na localidade.

O objetivo do advogado é provocar o Ministério Público da Paraíba, bem como o Comando Geral da Polícia Militar e demais órgãos públicso constituídos na tomada das providências. “Não podemos ficar apenas nos números. Alguém tem que se responsabilizar pelos constantes arrombamentos e furtos a residências em Lucena”, disse Cícero.

O requerente, por sua vez, informou ter sido vítima constante de meliantes que, aproveitando a ausência de pessoas em seu imóvel, já adentram várias vezes. “Temos nossas obrigações e não podemos ficar prisioneiros 24 horas por dia dentro de casa. A segurança da população é obrigado e direito do Estado, está inserido na Constituição Federal”, afirmou.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *