CONDE – Câmara arquiva processo de cassação contra prefeita Márcia Lucena

Numa votação remota por meio de vídeoconferência, na tarde desta quinta-reira, 19, que termimou empatada em 5 a 5, a Câmara Municipal de Conde decidiu arquivar a denúncia de cassaão do mandato da prefeita Márcia Lucena. Seria necessários oito votos para que a gestora perdesse o cargo. Com o resultado, a chefe do Poder Executivo estadual fica mais fortalecida, haja vista ser pré-candidata à reeleição.

A Comissão Processante, presidida pelo vereador Severino Rodrigues da Silva (Pinta Gurugi), composta ainda pelos vereadores Ricardo Pereira (Relator) e Juscelino Correa (membro), votou pelo arquivamente da denúncia. Pinta Gurugi e Ricardo Pereira foram favoráveis ao arquivamente, enquanto Juscelino Correa votou contra.

A decisão da Comissão Processante (2 votos a 1) foi levada ao plenária da Casa Legislativa, em sessão remota por videoconferência bastante participativa. A Oposição não conseguiu votos suficientes para a cassação. Cinco vereadores votaram para o arquivamento do processo. São eles: Luzimar  Nunes (PSB), Naldo Cell (PSB),  Pinta do Gurgi (PSB), Flávio Melo (PSB) e Ednaldo Barbosa (PT).

Cinco votaram para a cassação de Márcia. São eles: Daniel Junior (Cidadania), Malba de Jacumã (DEM) , Josélio Jogador (PROS) Juscelino Araújo (Cidadania) e Adriano Ferreira (PROS).

Por Marcos Lima

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *