MUNICÍPIO DE LAGOA-PB: Prefeito Gilbertinho Leite na mira do Ministério Público

Gestor municipal é acusado de desmandos administrativos na prática de nepotismo, compras sem licitação pública, salários milionários a parentes, perseguição a servidor efetivo, farra com dinheiro público e contratação sem concurso

O Ministério Público da Paraíba está na mira do prefeito de Lagoa, Gilberto Tolentino Leite Júnior, devido a uma  série de desmandos administrativos que vão da prática de nepotismo, farra com dinheiro público, compras e contratos sem licitação, salários milionários a parentes, perseguição a funcionários público, dentre outros.

Várias são as ações na Justiça que tramitam contra a Prefeitura de Lagoa, como pessoa jurídica e também contra o próprio prefeito. Novas ações na Comarca de Pombal estão prestes a darem entrada, algumas por políticos da região, outras por servidores públicos.

“Gilbertinho” como é conhecido o prefeito de Lagoa-PB, vem desafiando à Justiça e o Ministério Público desde que assumiu o cargo, há pouco mais de um ano, com a renúncia de Toinho Alípio (PSB).

Aluguel de camioneta

Entre tantos casos aberrantes, está a do aluguel de uma camioneta Hilux para atender as necessidades do seu gabinete. Desde setembro do ano passado que esse veículo foi locado por R$ 9 mil mensal e já se passaram dez meses.

No montante, já foram pagos somente de aluguel da referida camioneta a importância de R$ 90 mil, dinheiro este que daria para comprar uma nova. Mensalmente pode ser comprovado através do Portal de Transparência Sagres, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba o pagamento dos valores a Indhy Emmeli Dantas Gomes Almeida.

Servidores municipais vinculados ao gabinete do prefeito Gilberto Tolentino informaram que o veículo não mais está a disposição do Gabinete. A informação generalizada no município é de que o prefeito tem alugado vários veículos aos próprios parentes, fazendo com que o capital de giro (dinheiro) fique na própria família e em benefício próprio.

Vários desses veículos locados pelo prefeito aos proprios parentes, sequer são vistos nos municípios, considerados “fantasmas” para a população e os servidores municipais. São valores exorbitantes pagos que dariam para adquirir vários veículos para a própria prefeitura.

Compra de terreno superfaturado

A Imprensa local tem denunciando constantemente o desmando administrativo do prefeito Gilberto Tolentino. Reportagem recente do Portal Lagoa em Foco aponta para a compra de dois terrenos, cada um no valor de R$120 mil supostamente adquiridos junto a “fantasmas” e que os lotes vendidos no mercado imobiliário a R$ 7.500, pertencem a própria chácara do prefeito, o que o Portal chamou de “absurdo e desrespeito com o dinheiro público”.

Francisca de Almeida Sousa, que teria vendido os terrenos e embolsado R$ 240 mil oriundos dos cofres públicos da Prefeitura de Lagoa-PB seria uma “laranja”, conforme denunciado na reportagem. “Em Lagoa, Paraíba, os atos de corrupção do prefeito seguem enquanto a população amarga com o descaso social, ruas intrafegáveis, falta de saúde, educação e servidores fantasmas. Um absurdo!”, afirma a matéria do Portal Lagoa em Foco.

Localização

Lagoa é um município brasileiro localizado no interior do estado da Paraíba. Pertencente à Região Geográfica Intermediária de Patos e à Região Geográfica Imediata de Pombal, localiza-se a oeste da capital do estado, distante desta cerca de 398 km.

Por Marcos Lima

 

Compartilhar:

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *