Cobras são encontradas em embalagens dos Correios

Funcionários dos Correio identificaram duas cobras em uma encomenda que saíria de Recife com destino a São Paulo. Os trabalhadores acionaram o Ibama, após perceberem a presença dos animais nas caixas, ao passarem as embalagens pelo raio-x na quinta-feira (23).

As cobras exóticas foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara), unidade da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), no Recife. As duas serpentes traficadas são das espécies Corn Snake (Pantheropis guttatus) e King Snake (Genus Lampropeltis).

De acordo com o gestor do Cetas Tangara, Yuri Valença, “as serpentes são exóticas e não podem ser soltas na natureza do território brasileiro. Então, serão encaminhadas para criadouro legalizado”. Tanto a compra como a venda de animais silvestres sem autorização são crimes ambientais, com penas que podem variar entre três meses há um ano de prisão, além de multa.

Fonte: Isto É

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *