NA CAPITAL – Primeira praça com energia solar será inaugurada nesta segunda-feira (17)

Um dia para ficar na história

A 1a ECO PRAÇA de João Pessoa será inaugurada, nesta segunda-feira, às 18h, com suas luminárias que resplandecem ENERGIA SOLAR; com o VERDE exuberante de suas 80 espécies, cultivadas por um grupo de moradores; e com uma rica experiência de organização que já está ensinando à cidade que é possível transformar um terreno público em um espaço verde e de construção de afetos e cidadania.

A parceria entre a Associação dos Moradores e Amigos da Eco Praça Jardim Oceania e a Prefeitura da capital, através da participação nas plenárias do Orçamento Participativo (OP), foi decisiva para a construção da nova Eco Praça.

A solenidade contará com a presença do prefeito Luciano Cartaxo, mas será realizada com um cerimonial simplificado, por conta da pandemia do coronavírus. Os moradores do bairro estão convidados a participar, mas devem seguir os protocolos recomendados pelos órgãos de saúde, mantendo a distância de dois metros entre as pessoas e usando máscaras.

Por que a ECO PRAÇA inova em sustentabilidade ambiental e organização coletiva?

O novo equipamento público, que valoriza as sugestões e demandas dos moradores, inova em sustentabilidade ambiental. Conta com placas para captação de energia solar, que garantem a iluminação da ECO PRAÇA, além do aproveitamento de um poço artesiano, feito pelos moradores, para suprir a necessidade da água que é utilizada para a manutenção das árvores frutíferas, plantas ornamentais e da horta comunitária.

O novo espaço público contempla acessibilidade para surdos e pessoas com deficiência visual. As calçadas têm piso tátil direcional de concreto para cegos. Conta com rampas de acesso e calçadas acessíveis, construídas com blocos intertravados de concreto.

A coleta seletiva do lixo não poderia ficar de fora. Na praça foram instaladas seis papeletas e mais cinco tambores para separação de resíduos.

Também acena para a melhoria da qualidade de vida dos idosos e pessoas de outras faixas etárias que vivem no bairro. No equipamento público foi instalada uma academia ao ar livre.

As crianças não foram esquecidas. Elas receberam um playground, equipado com balanços duplos, feitos com toras de eucalipto, além de gangorras, também fabricadas com madeira de reflorestamento, e escorregador .

E tem mais: estacionamento e bicicletário.

ECO PRAÇA: Prrimiros passos

A primeira ECO PRAÇA de nossa capital nasceu de uma ação colaborativa de um pequeno grupo da comunidade, interessado em ressignificar um espaço público que servia apenas para o despejo de lixo domiciliar e entulhos da construção civil.

A ação primeira foi criar uma horta de plantas medicinais, iniciativa que agregou mais voluntários e expandiu para o plantio coletivo de várias espécies da flora nativa. Daí, nunca mais paramos.

Evoluímos para ações educativas e inclusivas, reforçando os laços comunitários, através de cursos, oficinas, lançamentos de obras, resgate das tradições em festas populares e a convivência diária de famílias, tendo como elo principal o amor à natureza e sua preservação.

Criamos a Ecoteca Paulo Freire, uma biblioteca pública, no interior da Eco Praça, com livros paradidáticos, doados pela comunidade e frequentada por crianças e adultos. A Ecoteca foi desativada, temporariamente, por conta das obras.

Todos esse trabalho cooperativo ensejou a criação da Associação dos Moradores e Amigos da Eco Praça Jardim Oceania, que vem tendo uma atuação proativa no trabalho de aglutinação de pessoas em prol da melhoria da conservação ambiental da Eco Praça e de outras áreas verdes do bairro.

Através da Associação, estabelecemos parceria com a Secretaria do Orçamento Participativo Municipal, Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Infraestrutura, Sedurb, Emlur e outras pastas, o que proporcionou a construção de um projeto arquitetônico colaborativo para a ECO PRAÇA JARDIM OCEANIA, definido a partir das sugestões da própria comunidade do entorno.

O projeto arquitetônico foi definido pela comunidade e entregue à Prefeitura, através da Secretaria do Orçamento Participativo. A Prefeitura fez a adequação aos padrões de edificação do município. O arquiteto Yuri Duarte Lopes, que mora no entorno, realizou a primeira versão do projeto, após coletar as sugestões dos moradores, em oficina coletiva, realizada na Eco Praça, em 2017.

Nossos agradecimentos à Prefeitura de João Pessoa e a cada morador que semeou e cultivou a ECO PRAÇA JARDIM OCEANIA.

COMO CHEGAR: Avenida Campos Sales, 479, Bessa.

Fonte: Por Madrilena Feitosa, jornalista Profissional

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *