Gestores terão que responder questionários do MPPB sobre situação dos estádios na Paraíba

Gestores dos estádios de futebol utilizados no campeonato paraibano devem responder, a partir desta segunda-feira (21/09), ao formulário eletrônico disponibilizado pelo Núcleo do Desporto e de Defesa do Torcedor (Nudetor) do Ministério Público da Paraíba.

Conforme o coordenador do Nudetor, procurador Valberto Lira, o objetivo do questionário é iniciar já de agora as ações de regularização dos estádios. “Isso para que não tenhamos os atropelos de última hora que aconteciam todos os anos, na liberação de estádios, sem que os gestores cumprissem as recomendações dos órgãos encarregados da elaboração dos laudos (Polícia Militar, Bombeiros Militar e Vigilâncias Sanitárias)”, informa.

De acordo com a Nota Técnica expedida Comissão Estadual de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios e remetida à FPF e gestores dos estádios, sem a resposta ao questionário, os órgãos não farão nova vistoria.

“Além da obrigatoriedade prevista no Estatuto do Torcedor sobre os laudos, tem-se que

proteger o patrimônio público. Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vigilâncias Sanitárias tem custo e esse custo é dinheiro público e, simplesmente, os gestores ficam afirmando que cumpriram as recomendações e quando se retornar tudo se encontra como antes”, destaca o procurador.

Valberto Lira ressaltou ainda que informações inverídicas no questionário poderão acarretar responsabilização. O formulário já foi remetido à Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Prefeituras Municipais de Cruz do Espírito Santo, Patos, Sousa e ao Treze Futebol Clube.

Questionário

O formulário é composto por 38 questões que abrangem Projeto de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico, capacidade do estádio, entradas, catracas, geradores de energia, certificados do Corpo de Bombeiros e alvará de construção, manutenção preventiva, entre outras.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *