Coritiba é eficiente, vence Atlético Goianiense e vai dormir fora do Z4 do Brasileiro

Em luta ferrenha contra a zona de rebaixamento, o Coritiba ganhou uma noite de tranquilidade neste sábado. Diante do Atlético Goianiense, no Couto Pereira, o Coxa sofreu, mas contou com gol de Galdezani para voltar a vencer no Brasileiro: 1 a 0. Com o resultado, o time que será comandado por Rodrigo Santana, anunciado na última sexta, chega a 19 pontos e vai dormir fora do Z4, na 16ª posição.

Do outro lado, o Dragão permanece com 22 e aparece no 12º posto. Objetividade coxa-branca O Atlético Goianiense tentou impor seu ritmo no Couto Pereira, mas saiu atrás do placar. No primeiro ataque do Coritiba, Ricardo Oliveira tocou para Giovanni Augusto, que deu ótimo passe para Matheus Galdezani, que chutou da entrada da área e abriu o marcador.

Com mais volume ofensivo, o Dragão deu sua resposta logo em seguida. Natanael cruzou da esquerda, Matheus Vargas cabeceou firme e Wilson fez grande defesa. Quase o empate. Pouco depois, aos 18, após erro na saída de bola paranaense, Zé Roberto arriscou de fora e obrigou o goleiro mandante a fazer outra importante intervenção.

Durante a primeira etapa, o time da casa pouco chegou ao ataque, mas conseguiu ser mais perigoso. Além do gol, o time coxa-branca só teve mais uma oportunidade aos 40. Matheus Galdezani chutou forte de fora da área e acertou o travessão de Jean. Coritiba se segura Mantendo a postura dos primeiros 45 minutos de partida, o Atlético Goianiense seguiu sendo dominante no Couto Pereira.

Dono da posse de bola, o Dragão foi cercando cada vez mais a área alviverde. Do outro lado, o Coritiba também foi fiel a sua estratégia. Com as linhas de defesa ajustadas, o Coxa continuou subindo pouco ao ataque, mas sempre com objetividade. Aos 15, Ricardo Oliveira cobrou falta, a bola desviou na barreira e sobrou para Neilton, que estufou as redes!

A arbitragem, porém, anulou o lance alegando toque de mão do atacante. Nos minutos finais, a equipe visitante foi com tudo para cima e esteve muito perto de chegar ao empate. Wellington Rato, por duas oportunidades, quase igualou o marcador.

Na primeira, Wilson fez grande defesa, e depois o travessão impediu que o placar fosse alterado no Alto da Glória. Fim de papo e vitória do Coritiba.

O Gol 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *