Volpi é gigante, São Paulo é brutal e goleia o Flamengo no Maracanã

Em uma tarde inesquecível para Tiago Volpi, o São Paulo teve uma de suas melhores atuações na temporada e goleou o Flamengo no Maracanã. Com direito a dois pênaltis defendidos e uma assistência para o goleiro tricolor, o time são-paulino foi letal e aplicou 4 a 1 no vice-líder do Brasileiro. Com a vitória maiúscula, o time comandado por Fernando Diniz chega a 30 pontos e segue colado no G4 do Campeonato Brasileiro.

Do outro lado, o Rubro-Negro deixa para trás uma série invicta de 12 jogos, permanece com 35 e desperdiça a oportunidade de assumir a liderança da competição.  Vira-vira tricolor A intensidade foi a marca dos primeiros minutos de bola rolando no Maracanã. O São Paulo tentou adiantar sua marcação para incomodar a criação rubro-negra, mas logo ao cinco, quando surgiu espaço, o Flamengo abriu o placar.

Após bola lançada no meio, Vitinho ganhou no alto, Pedro levou a melhor contra Bruno Alves e, de perna esquerda, bateu da entrada da área, no cantinho do goleiro Tiago Volpi, que tentou chegar, mas não conseguiu.  Não demorou para o São Paulo dar uma resposta à altura. Aos 18, Reinaldo acionou Sara na esquerda, que cruzou na área.

A zaga cortou parcialmente, e a bola sobrou para Tchê Tchê, que, com extrema categoria, colocou na gaveta de Hugo Souza e marcou seu primeiro gol na temporada. Tudo igual no placar! Ditando o ritmo da partida, o time comandado por Domenèc Torrent aumentou seu volume e teve a chance de voltar à frente do placar. Aos 26, Everton Ribeiro tabelou com Pedro, invadiu a área e foi derrubado por Diego Costa.

Pênalti, que foi validado após intervenção do VAR. Na cobrança, porém, Bruno Henrique parou nas mãos de Tiago Volpi. Apesar de tentar pressionar, o Fla esbarrou em um sistema sólido de marcação da equipe são-paulina, que soube fechar os espaços e, com a bola nos pés, acelerou na hora certa. Tanto que, antes da ida para o intervalo, o time de Fernando Diniz buscou a virada.

Aos 45, Reinaldo recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro. Gustavo Henrique cortou mal, e Brenner aproveitou para estufar as redes no Maracanã: 2 a 1. Volpi é gigante, e São Paulo goleia Na volta do intervalo, o São Paulo foi muito superior, e passou a acumular chances para ampliar a vantagem. Logo aos dois, Tchê Tchê enfiou linda bola para o Gabriel Sara, que invadiu a área e parou em boa defesa de Hugo Souza.

Pouco depois, o Reinaldo aproveitou sobra pelo lado esquerdo e soltou uma bomba de canhota. Hugo, mais uma vez ligado, fez grande defesa e manda pela linha de fundo. De tanto insistir, o Tricolor paulista chegou ao terceiro gol. Aos 11, após bola levantada na área, Gustavo Henrique tentou o corte e só acertou a perna de Bruno Alves! Mais um pênalti confirmado pelo VAR no Maraca.

Na cobrança, Reinaldo teve destino diferente de Bruno Henrique e mandou para o fundo das redes. Depois do gol sofrido, o Flamengo, enfim, voltou para o segundo tempo e teve mais uma chance cristalina para marcar. Gerson recebeu na área, girou pra cima de dois jogadores e vai foi para o chão após chegada de Daniel Alves. Outro pênalti marcado.

Desta vez, quem foi para a bola foi Pedro. Mudou o cobrador, mas não mudou a história. Tiago Volpi se agigantou mais uma vez e defendeu de novo! Incrível. Sem muita organização de ideias, o Rubro-Negro foi de forma desordenada para o ataque e conseguiu uma bola no travessão, com João Gomes. Foi só.

O São Paulo, com uma exibição beirando a perfeição, transformou a vitória em goleada. E se já não bastasse os dois pênaltis defendidos, Tiago Volpi foi o autor da assistência.

O goleiro são-paulino esticou um lançamento para Luciano, que entrou por trás da defesa e deu números finais à partida: 4 a 1. Vitória gigante do São Paulo no Maracanã.

O Gol 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *