Advogado de coligação é detido pela PM em Guarabira

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Um advogado foi detido pela Polícia Militar de Guarabira nesse domingo (1) em uma atividade de campanha eleitoral.

O advogado Fábio Meireles afirmou que tudo começou quando ele questionou a Polícia da ilegalidade da apreensão de motos após um evento de campanha no distrito de Cachoeira que, segundo ele, foi comunicado à Justiça Eleitoral. Fábio é advogado da coligação.

Os policiais alegam que o advogado os desacatou e, por isso, resolveram algemá-lo. O filho do advogado, que estava no local, também foi levado à delegacia.

De acordo com a Polícia Militar de Guarabira, os policiais estavam tentando dispersar uma carreata proibida pela Justiça Eleitoral quando o advogado teria levantado a voz e desacatado os policiais. Fábio foi autuado por desacato e resistência à prisão.

A OAB da Paraíba acusou a ação da Polícia de ser “truculenta, injustificável e desproporcional” e pede apuração.

Em nota, o comando da Polícia Militar lamentou o episódio e afirmou que o policial que comandou a ação foi afastado.

*Com informações da TV Cabo Branco.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *