SANTA RITA – “Isa de Tibiri” renuncia candidatura e culpa Carlinhos do Adesivo por discriminação às mulheres

Maísa Karla, popularmente conhecida como “Isa de Tibiri”, ex-candidata pelo Partido Podemos, de Santa Rita, usou suas redes sociais recentemente, para esclarecer o motivo da sua desistência a uma das vagas na Câmara Municipal de Santa Rita. Ele disse ter sofrido ameaças e intimidações por parte do presidente da legenda, Carlinhos do Adesivo, simplesmente pelo fato de ser mulher.

“Prazer! Essa sou eu ISA DE TIBIRI, a ex-candidata à Câmara Municipal de Vereadores da Cidade de Santa Rita, que veio ao Facebook pedir para que os órgãos superiores olhassem a situação do partido PODEMOS em Santa Rita sobre a situação feminina, onde me senti ameaçada e intimidada por inúmeras vezes”, diz Maísa Karla em postagem publicada na sexta-feira, dia 30 de outubro.

De acordo com a ex-candidata, permaneceu na legenda do Podemos tentando garantir seu espaço na condição de candidata a vereadora até quando deu. “Eu permaneci até onde as ameaças e intimidações funcionaram. Pois quando me informei REALMENTE sobre os direitos da mulher na política, eu entendi que não bastava permanecer em um partido político onde o presidente batia na mesa e gritava: “SE VOCÊ DESISTIR, EU IREI LHE PROCESSAR E QUALQUER OUTRO, OU TODOS OS CANDIDATOS QUE SE SENTIR PREJUDICADOS POR VOCÊ”., alegou Maísa.

Indignada por não ter espaço na legenda e ter seus direitos e deveres negados pela direção partidária, a ex-candidata informou que não comunga com práticas desse tipo vindas de pessoas que se dizem defensores da lei e da populaçao. “Eu não faço parte dessa politicagem, onde não tenho direito à falar, pois quando pergunto sobre informações precisas e necessárias simplesmente sou removida do grupo pelo presidente do partido. Tendo como punição 48 horas fora do grupo para não desrespeitá-lo”.

Por fim, Isa de Tibiri jusitificou os reais motivos de sua renúncia da candidatura. “É COM MUITO ORGULHO E SATISFAÇÃO QUE ME DIRIJO AOS AMIGOS E COMPANHEIROS DE BATALHA, PROVANDO QUE EU RENUNCIEI, POIS NÃO PODERIA FAZER PARTE DESSE PESADELO. SOU FICHA LIMPA E NÃO TENHO CRIMES ELEITORAIS E NÃO RESPONDO PROCESSOS QUE ME OFENDAM EM QUESTÕES ELEITORAIS”, finalizou.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *