Após Aije por abuso de poder econômico, candidata diz que ações em Bayeux são ‘pautadas pela legalidade’


Luciene Gomes, conhecida como Luciene de Fofinho. Foto: reprodução/Facbook

A coordenação de campanha da prefeita e candidata a reeleição em Bayeux, Luciene Gomes (PDT), se manifestou, em nota, a respeito da Ação de Investigação Judicial Eleição (Aije) protocolada pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico nas eleições.

Na nota, Luciene afirma que as ações da saúde em prol da população vão ter prosseguimento e reafirma o respeito e admiração pelo Ministério Público.

Veja na íntegra

A prefeita Luciene assegura e reitera o compromisso em dar continuidade às ações da saúde em prol da população de Bayeux, eis que pautadas pela legalidade, e reafirma o respeito e admiração pelo Ministério Público, entidade com a qual sempre dialogou e manteve posição harmoniosa no combate à corrupção na nossa cidade.

Segundo a promotoria, a atual candidata à reeleição nomeou o vereador eleito para o mandato de 2017 a 2020 pelo município de Matureia (a 320 quilômetros de Bayeux), Bruno Wanderley – que também concorre à recondução no cargo de vereador em Matureia -, para assumir a Secretaria Municipal de Saúde da cidade. Desde então, a atual gestão municipal teria começado a fazer sua campanha eleitoral, publicando benesses em suas redes sociais ou de seus articuladores políticos, como a instalação de um tomógrafo na UPA de Bayeux, a realização de exames de mamografia, de mutirão para exames de ultrassonografia, de cataratas, de consultas oftalmológicas e urológicas e otorrinolaringologistas, de laqueaduras de cirurgias para retiradas de sinais, cistos sinoviais e sebáceos, lipomas, entre outros.

Paraíba.com.br

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *