Eleições 2020: Polícia Federal monta esquema com equipes ostensivas para coibir compra de voto e propaganda irregular na Paraíba


Campina Grande tem sede da Polícia Federal e contará com a fiscalização no pleito eleitoral de 2020. (Foto: Reprodução)

A fiscalização no pleito eleitoral de 2020 ganha mais um reforço na Paraíba. Além de drones, que serão utilizados para fiscalizar a compra de votos, a Polícia Federal informou ao ClickPB que já foi planejado colocar várias equipes com policiais federais para agir de forma ostensivas em sete cidades paraibanas.

João Pessoa, Campina Grande e Patos são sedes da Polícia Federal, por conta disso, já contariam com o trabalho efetivo. Porém, outros municípios como Cajazeiras, Itaporanga, Bananeiras e Guarabira também receberão reforço ostensivo. Isso ocorre após um filtro feitos pela Justiça Federal, Ministério Público Eleitoral e Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

Foi vista a necessidade de ter policiais federais nessas localidades. Essas equipes poderão se deslocar para cidades vizinhas antes ou durante o pleito eleitoral, a depender do movimento pré-eleitoral. Os policiais federais estarão para coibir a propaganda irregular e compra de votos.

No domingo é considerado crime eleitoral. As pessoas que tiverem interesse de denunciar devem procurar as promotorias e zonais eleitoras. Em seguida, depois repassada para a Polícia Federal. Em matéria eleitoral, a PF age por requisição. A requisição chega do judiciário para a gente atender.

ClickPB

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *