Prefeito de São Bento tenta realizar ação social às vésperas da eleição e Justiça suspende o evento

Um evento de ação social que seria realizado pela prefeitura de São Bento na véspera das eleições municipais foi suspenso por determinação da Justiça.

A decisão foi do juiz José Normando Fernandes da 69ª Zona Eleitoral, que proibiu o candidato Jarques Lúcio da Silva de realizar a ação social “Programa Cidadão São Bento”, seria realizada nestas quarta-feira (11) e quinta-feira (12), com o objetivo de confeccionar gratuitamente documentos para a comunidade.

De acordo com o magistrado o programa não pode acontecer já que o período é vedado pela Lei n.º 9.504/97 (Lei das Eleições).

O juiz José Normando ainda determinou que o programa seja realizado em data posterior às eleições municipais 2020.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *