Consórcio do Nordeste pede suspensão de voos com países afetados por nova cepa do coronavírus

Os governadores do Consórcio do Nordeste enviaram uma carta nesta terça-feira (22) ao Ministério da Saúde solicitando a suspensão imediata de todos os voos provenientes de países afetados pela nova cepa do coronavírus SARS-CoV-2.

A mensagem pede que sejam interrompidas as conexões aéreas com Reino Unido, Holanda, Austrália e Dinamarca. Também defendem a adoção de medidas de segurança a todos os passageiros que cheguem da Europa, como testes de covid e quarentena obrigatória.

O pedido se dá pelo fato de que o governo brasileiro é um dos poucos da América Latina a não tomar medidas nesse sentido. Países como Argentina, Chile, Colômbia, El Salvador e Equador tomaram a iniciativa de fechar seus aeroportos para voos provenientes do Reino Unidos ou dos quatro países mencionados. O Peru foi até mais além, e suspendeu os voos com todos os países da Europa por tempo indeterminado.

Segundo cientistas britânicos, a nova cepa do coronavírus, descoberta há cerca de 9 dias, é 70% mais contagiosa, razão pela qual a sua propagação poderia causar um colapso hospitalar ainda maior.

Revista Fórum 

Compartilhar:

(Visited 127 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *