Elba Ramalho pede desculpas por associar pandemia ao comunismo

A cantora Elba Ramalho chegou a figurar nos trending topics do Twitter nesta terça-feira, 5, por conta de um vídeo em que fala sobre a pandemia do novo coronavírus em live com o padre Marcos Belizário, da Igreja de São Conrado, no Rio de Janeiro.

“Estamos aqui, cristãos, e vamos sobreviver a essa turbulência que a humanidade está atravessando. Para muitas pessoas, apenas uma pandemia. Para nós, você sabe, eu sei, é muito mais coisa por trás dessa pandemia, que vem no intuito de nos destruir”, afirmou.

Na sequência, concluiu: “Nós somos um incômodo, um calo dos comunistas. Somos nós, cristãos. Somos também a resistência e vamos permanecer fieis, Deus vai nos proteger”.

No início da noite desta terça-feira, 5, Elba Ramalho postou um story em seu Instagram a respeito da repercussão do vídeo.

“Realmente não entenderam minhas palavras, talvez não tenha me expressado bem! Existia um contexto de cunho espiritual que não foi compreendido. Não afirmei que o vírus está no mundo para matar somente cristãos!”, disse.

Em seguida, finalizou: “Entenderam mal, me desculpem! Tive covid-19 e sobrevivi, embora tenha perdido pessoas queridas, inclusive hoje! Isso é triste e doloroso! Perdão a quem se sentiu ofendido”.

Assista ao vídeo com a declaração de Elba Ramalho a respeito da pandemia de covid-19 abaixo:

O padre Marcos Belizário, com quem Elba Ramalho conversava na live, foi acusado de causar aglomeração e pedir para que fieis retirassem suas máscaras durante missas na paróquia.

Em entrevista à revista Veja Rio, no último mês de outubro, o sacerdote rebateu: “Pedi mesmo. Como a pessoa vai cantar o hino nacional de máscara? Claro que eu queria todo mundo cantando alto, de frente para a bandeira do Brasil”.

Segundo a coluna de Ancelmo Gois no jornal O Globo, o padre contraiu covid-19 próximo ao período do Natal de 2020.

Story publicado por Elba Ramalho após declaração sobre a pandemia

Story publicado por Elba Ramalho após declaração sobre a pandemia Foto: Instagram / @elbaramalho

 

Fonte: emais.estadao.com.br

Compartilhar:

(Visited 6 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *