LUCENA – Advogado diz que Câmara Municipal tem a obrigação de cobrar segurança para a cidade

“A Câmara Municipal de Lucena tem por obrigação exigir que se tenha segurança na cidade. Cobrar da Prefeitura políticas públicas para nossa área de segurança. Hoje não temos uma  Delegacia de Polícia Civil estruturada para atender a comunidade e aos turistas de um modo geral. Não há segurança na cidade”.

O desabafo é do advogado Cícero Lima e Sousa, que diz ainda que em razão dessa ausência do Estado, ocorreram dezenas de assaltos, homicídios, arrombamentos e furtos e que os responsáveis por esses delitos não foram identificados”, afirmou.

Um dos exemplo ocorreu com o próprio advogado que teve sua residência violada, arrombada e não teve onde prestar um Boletim de Ocorrência, haja vista que a Delegacia de Policia Civil se encontrava fechada, o que ocorre até hoje.

De acordo com o advogado Cícero Lima, à época do arrombamento à sua residência, recorreu à Polícia Militar, porém, obteve a informação de que não poderia registrar Boletim de Ocorrência. “Isso me motivou a recorrer a Justiça e fazer uma representação, para que fosse apurado o delito”, alegou.

O advogado se queixa também que o secretário estadual de Segurança Pública, deveria tomar providências, no sentido de patrocinar a sociedade de Lucena, aos seus habitantes e turistas, segurança a todos. “No entanto, se alguém é vitima de algum delito, não tem a quem reclamar, pois tem que se deslocar a outro município. Cabe a responsabilidade, também, agora, ao novo prefeito de Lucena, Léo Bandeira”.

Por fim, o advogado disse que “fazer gestões junto às autoridades competentes, no sentindo de que seja restabelecido segurança para os habitantes que estão  entregues às baratas”.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

(Visited 63 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *