PESCA PROIBIDA – Polícia Ambiental intensifica fiscalizações no período de defeso do caranguejo-uçá

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) está intensificando as ações para proteger o período de reprodução do caranguejo-uçá, que acontece a partir desta quinta-feira (14) até a próxima terça (19). Nesses dias, está proibida a captura, transporte, armazenamento e comercialização do animal sem autorização dos órgãos ambientais. As fiscalizações contam com todo o aparato de viaturas e lanchas do BPAmb.

Quem for flagrado capturando, transportando, armazenando ou comercializando sem autorização o crustáceo será autuado por crime ambiental, com pena de um a três anos de detenção, além de multa. Desde o começo do mês que o BPAmb tem feito uma campanha de orientação por meio das redes sociais e em contato com comerciantes de feiras e bares, alertando sobre as regras para o período.

Nesse período só é permitida a comercialização do caranguejo-uçá por quem tenha feito a captura antes do defeso. Para isso, pescadores e comerciantes têm até o último dia útil que antecede cada período de proibição para fornecer a relação detalhada dos estoques de animais vivos, congelados, pré-cozidos, cozidos, inteiros ou em partes à Superintendência da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

A temporada reprodutiva do caranguejo-uçá acontece em quatro períodos: 14 a 19 de janeiro, 29 de janeiro a 3 de fevereiro, 28 de fevereiro a 5 de março e 29 de março a 3 de abril. Nesses dias, chamados de períodos de defeso, os animais ficam mais vulneráveis, pois é quando eles saem de suas tocas e andam pelo manguezal para acasalamento e liberação de ovos.

Compartilhar:

(Visited 22 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *