Sindicato dos Jornalistas e API lamentam morte de Martinho Moreira Franco

A morte do jornalista Martinho Moreira Franco, na manhã deste sabado, comoveu toda a classe de comunicadores da Paraíba.

Em Nota, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba e a Associação Paraibana de Imprensa lamentaram o ocorrido e se solidarizaram com a família, além de traçaram uma radiografia de quem foi Martinho Moreira Franco para a Imprensa do Estado.

Eis posicionamento das entidades:

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DO ESTADO DA PARAÍBA

NOTA DE PESAR

A Diretoria do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba lamenta a morte do jornalista MARTINHO MOREIRA FRANCO, um dos maiores profissionais do Estado da Paraíba. Em nome de todos os filiados, o Sindicato expressa seu mais profundo pesar pelo falecimento de um profissional versátil, talentoso, ético e de habilidade magistral que deixará saudades não apenas entre nossa categoria mas em todos os leitores e admiradores da boa imprensa.

Martinho faleceu na manhã deste sábado, (06), em João Pessoa, aos 74 anos. Ele estava tratando de um câncer, mas no último sábado foi acometido de uma obstrução intestinal, sendo preciso passar por uma cirurgia de urgência.

Martinho Moreira Franco trabalhou em quase todos os veículos de imprensa da capital paraibana e muitas vezes como correspondente de grandes veículos de Comunicação nacional. Foi editor da Revista Veja, Jornal O Globo, Jornal Correio da Paraíba, Rádio Arapuan e colunista da Revista A Semana. Além de jornalista, radialista e cronista, ele ainda atuava na área publicitária , tendo pertencido por muitos anos aos quadros da Agência Oficina Propaganda. Na esfera política foi Secretário de Comunicação na gestão do governador Tarcisio de Miranda Burity.

O corpo do respeitado jornalista será velado na Central de Velórios São João Batista e sepultado no Cemitério Senhor da Boa Sentença, às 16h.

A DIRETORIA

 

ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DE IMPRENSA

A Associação Paraibana de Imprensa, através da sua diretoria e em nome de todos os associados, lamenta profundamente a morte do jornalista Marinho Moreira Franco, ocorrida na manhã deste sábado em João Pessoa.

Martinho estava tratando um câncer e, segundo informações da família, no último domingo teve um problema no intestino e precisou passar por uma cirurgia de urgência. Infelizmente, após os procedimento, o jornalista acabou adquirindo uma infecção e não resistiu.

Martinho passou pelos principais veículos de comunicação da Paraíba e chegou a ser correspondente de grandes jornais do Sudeste. Também foi secretário de Comunicação.

Considerado um dos melhores textos do jornalismo paraibano, atualmente atuava como colunista do Jornal A União e revisor de livros.

Compartilhar:

(Visited 12 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *