Câmara fará sessão nesta sexta para decidir destino do deputado federal Daniel Silveira

Deputado que foi preso por estimular agressões ao STF terá chance de falar em sua defesa; acordo foi costurado com todos os partidos

O deputado federal bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), que foi preso em flagrante na noite de terça por atentar contra a democracia, terá seu destino definido em uma sessão nesta sexta-feira (19), com início às 17h, na Câmara dos Deputados. Nesta quinta, após uma audiência de custódia, o juiz Airton Vieira, auxiliar do ministro Alexandre de Moraes, manteve sua prisão.

Silveira terá a chance de falar em sua defesa diante dos deputados, definiram os parlamentares presentes na sessão desta quinta, com a presença de todos os partidos.

O deputado poderá falar três vezes, segundo informações de parlamentares presentes na reunião desta tarde.

Daniel Silveira foi preso após divulgar um vídeo em suas redes sociais pregando violência contra ministros do Supremo Tribunal Federal e defendendo o fechamento da Corte. A decisão da prisão foi do ministro Alexandre de Moraes.

Como a prisão de um deputado federal precisa passar pelo crivo da Câmara, mesmo em caso de flagrante e por crime inafiançável, o magistrado reiterou em sua decisão que o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), deveria ser “imediatamente oficiado para as providências que entender cabíveis”.

Uma sessão foi marcada para hoje para definir o destino de Silveira, porém a discussão dos parlamentares resultou no agendamento de uma nova sessão nesta sexta. Os deputados também definirão se ele perderá seu mandato.

Fonte: Brasil247

Compartilhar:

(Visited 9 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *