VIDEO – Sandro Toscano é surpreendido por oficial de Justiça e notificado em AIJE que pede cassação de diploma

Vereador mais votado do DEM participava de sessão na Câmara Municipal de Vereadores

O vereador Sandro Toscano (DEM) foi pego de surpresa na manhã desta sexta-feira (19), por um oficial de Justiça do TRE-PB, dentro da Câmara Municipal de Lucena. Ele foi notificado para num prazo de cinco dias fazer sua defesa prévia na AIJE 0600976.28.2020.6.15.0002, que pede sua inelegibilidade por oito anos e a cassação do seu diploma de vereador.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi movida pela Coligação Lucena do Futuro (que elegeu Léo Bandeira prefeito) e Antônio Mendonça Júnior e tramita na 2ª Zona Eleitoral da Comarca de Santa Rita. A presença do oficial de justiça do Tribunal Regional Eleitoral chamou a atenção de todos os vereadores presentes à sessão ordinária do Poder Legislativo local, bem como do público presente nas galerias.

Sandro Toscano é acusado de promover abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio pela associação da imagem dos candidatos com instituição filantrópica. Além dele, Alex Mendonça Camelo, Marcos Marcelo da Silva Justino, Eliliana Targino de Brito e Taciana Lima de Mendonça também respondem a AIJE. Esses, no entanto, podem ficar inelegíveis por oito anos. Marcos Marcelo (Marcelo de Bastos) e Eliliana Targino também foram notificados na manhã desta sexta-feira, pelo oficial de justiça do TRE-PB.

Todos eles são acusados com base no Artigo 22, da Lei Complementar 64/90 (Lei de Inelegibilidade) do uso indevido e abuso do poder econômico. Sandro Toscano obteve 441 votos, sendo o mais votado do Democratas. Caso haja a cassação do seu diploma de vereador, assumirá a cadeira na Câmara Municipal de Lucena, Júnior Bocão, primeiro suplente, que obteve 291 votos.

O oficial de Justiça, encarregado pela notificação de Sandro Toscano informou que nesta sexta-feira, fará entrega da certidão ao Cartório Eleitoral da 2ª Zona da Comarca de Santa Rita, passando assim a já contar o prazo de cinco dias corridos para que Sandro Toscano faça sua defesa prévia.

O futuro de Sandro Toscano está nas mãos da juíza Anna Carla Falcão da Cunha Lima Alves, juíza da 2ª Zona Eleitoral de Santa Rita, pois caberá a ela as tomadas das providências. Alecsandro Targino de Brito (Sandro Toscano), foi escolhido para comandar a Câmara Municipal de Lucena no segundo biênio (2023/2024).

Por Marcos Lima

Compartilhar:

(Visited 8 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *