Em Santa Rita, vereadores sem dormir, preocupados com possíveis “danças das cadeiras”

Alguns vereadores da cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa, tem perdido o sono nos últimos dias. Tudo isso com medo de perderem o mandato, já que suas contas foram rejeitas pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba. Há quem até esteja tomando, diariamente, calmante para se tanquilizar.

Câmara Municipal de Santa Rita

Os vereadores Jardel de Pinto e Aderaldo Bento (Avante), Naedson Graciano (Patriota) e Ivonete Barros (PP), tiveram as contas de campanha rejeitadas, em primeira instância, pela Justiça Eleitoral e desde que foram sentenciados, vivem no pesadelo. Já constituíram advogados, no entanto, nada ainda foi solucionado. É provável a perda do mandato, já que o Ministério Público Eleitoral tem batido pesado em cima.

As aberrações que motivaram a reprovação das contas dos parlamentares, inicialmente, são: dívidas eleitorais, gastos indevidos tipificação de caixa2, pagamento de aluguel de bens acima do permitido, omissão de gastos e doação acima do teto permitido por Lei, entre outras.

Confira na íntegra as sentenças de cada vereador:

Ivonete Barros (Progressistas)

Aderaldo Bento (Avante)

Naedson Graciano (Patriota)

Jardel de Pinto (Avante)

Compartilhar:

(Visited 99 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *