Ex-governador de Goiás morre de covid-19 após esperar 3 dias por leito de UTI

O ex-governador de Goiás Helenês Cândido (MDB) morreu na noite dessa 4ª feira (17), de covid-19. Ele ficou na fila por uma vaga para internação em UTI (unidade de terapia intensiva) desde o último domingo (14). Conseguiu o atendimento nesta 4ª feira e estava sendo transferido de ambulância para um hospital em Caldas Novas, mas não resistiu.

Helenês Cândido estava internado no hospital de campanha de Santa Helena de Goiás, em uma unidade de terapia semi-intensiva. Mas seu quadro piorou e ele precisou de uma UTI com capacidade para tratamento de hemodiálise. Helenês tinha 86 anos e tinha diabetes e hipertensão. Foi diagnosticado com covid-19 no início de março.

Helenês Cândido era advogado e foi governador de Goiás de 1998 a 1999. Antes disso, o político foi prefeito da cidade de Morrinhos (de 1973 a 1997), sua cidade natal, e deputado estadual por 3 mandatos (de 24 de novembro de 1998 a 1 de janeiro de 1999). Ele também foi o presidente estadual do MDB de 2000 a 2001.

Esse é o 2º ex-governador de Goiás que morre vítima da covid-19. Maguito Vilela (MDB) morreu em janeiro, aos 81 anos. Ele tinha sido eleito para a prefeitura de Goiânia nas Eleições de 2020 e foi governador do Estado de 1995 a 1998.

A Alego (Assembleia Legislativa de Goiás) decretou luto oficial de 3 dias pela morte de Helenês. O presidente da Assembleia, Lissauer Vieira (PSB), lamentou a perda de mais um governante.

Helenês foi um grande político, exemplo de trabalho e conquistas, mas também de humildade e retidão. Ele também passou por essa cadeira que hoje eu ocupo, como presidente da Alego, e trouxe vários avanços para a Casa. Com certeza, deixa um legado brilhante”, disse em nota.

O presidente do MDB em Goiás, Daniel Vilela, filho de Maguito Vilela, também lamentou a morte de Helenês. No Twitter, ele afirmou que Morrinho perdeu uma referência histórica.

Recebi com profundo pesar a notícia da morte do ex-governador Helenês Cândido, mais um líder histórico do MDB levado pela covid-19. Meus sentimentos a todos os familiares e à população de Morrinhos, que perde uma de suas referências históricas. Descanse em paz”, disse.

Fonte: https://www.poder360.com.br/

Compartilhar:

(Visited 53 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *