Vereador participa de sessao remota dirigindo carro em via pública, VEJA!

O vereador Aderaldo Bento, popularmente conhecido como “Quinho de Lerorândia”, do partido Avante, foi flagrado na última quinta-feira, dia 18, participando da sessão remota da Câmara Municipal de Santa Rita, dirigindo um veículo em via pública. O parlamentar sequer teve a atenção de desligar a câmera do telefone e deixar apenas o audio. Vereeadores que participavam da sessão por vídeoconferência e a população que acompanhava pelas redes sociais ficaram estarrecidos com a atitude de Quinho de Lerolândia.

No vídeo exibido durante a sessão da Poder Legislativo de Santa Rita é possível ver o vereador Quinho de Lerolândia dirigindo o carro em alta velocidade e participando da sessão remota, de forma natural, como se nada tivesse ocorrendo. O vídeo viralizou nas redes sociais e o fato inusitado ganhou repercussão estadual. O parlamentar, por sorte, não causou acidentes.

Por unanimidade, nas redes sociais, os internauitas criticaram bastante a atitude de Quinho de Lerolândia, ao ponto de dizer que, apesar do salário de R$ 12,6 mil que recebe mensalmente por ser vereador no município, ele sequer se preocupa em acompanhar e participar da sessão, nesse período de pandemia da covid 19, em sua casa ou em escritório e não dentro do carro.

Até o momento, o vereador não pediu desculpas e nem se justificou pelo fato de estar dirigindo e participando da sessão ordinária da Câmara Municipal de Santa Rita. Em Lerolândia, onde o vereador reside e teve quase 300 votos, muitos dos seus eleitores estão indignados com ele que, além de não ter uma boa atuação no Parlamento no que diz respeito às demandas da localidade, ainda afronta a legislação de trânsito.

Informações dão contas de que o vídeo da sessão com o vereador participando, dirigindo o veículo em via pública, foi entregue ao Ministério Público no sentido de uma possível ação civil pública.

O uso do aparelho celular enquanto dirige é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). É infração gravíssima, com multa no valor de quase R$ 300,00 e aplicação de 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Por Marcos Lima

Compartilhar:

(Visited 59 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *