Deputada Estela Bezerra tem contas irregulares, em passagem pela Secom-PB, afirma TCE-PB

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado, reunido em sessão ordinária, por videoconferência, nesta quarta-feira (24), sob a presidência do conselheiro Fernando Rodrigues Catão, julgou irregular rejeitou as contas da Secretaria de Estado da Comunicação Institucional, sob a responsabilidade de Estelizabel Bezerra de Souza (proc.03679/13), em processo que teve como relator o conselheiro Nominando Diniz. Na atualidade, Estelizabel é deputado estadual (PSB).

Uma das envolvidas na Operação Calvário, que segundo a Justiça, tinha o ex-governador Ricardo Coutinho como chefe de uma organização criminosa, Estelizabel Bezerra, de acordo com o TCE-PB durante sua passagem pela Secom-PB, não teve qualquer critério na escolha das agências de publicidades, desobedecendo assim a lei 12.232/2010. “Aparece a insuficiência no controle de gastos nos serviços prestados e despesas sem comprovação e atestos”, afirma o TCE.

O Tribunal de Contas do Estado realizou sua 2300ª sessão ordinária por videoconferência, com as presenças pela via remota dos conselheiros Fernando Catão (presidente), Arnóbio Alves Viana, Nominando Diniz e Antônio Gomes Vieira Filho. Também os substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sérgio Santiago Melo. Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador geral, Manoel Antônio dos Santos.

Por Marcos Lima

Compartilhar:

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *