Em Lerolândia, mecânico faz por conta própria o que deveria fazer o prefeito e vereadores eleitos

“O trabalho continua, mesmo sem mandato. Aliás, nunca precisei de mandato para trabalhar para o povo de Lerolândia. Já que os gestores não fazem, o vereador que leva o nome da comunidade não tem força política, eu, com minha humildade, vou dando sequência ao meui trabalho de melhoramento do meu bairro”. A declaração é de Marcelo Motos, mecânico e operador de máquinas pesadas, residente em Lerolândia, distrito de Santa Rita.

Marcelo Motos obteve 607 votos nas eleições do ano passado, pelo Partido Democratas, ficou na 1ª Suplência do partido, no entanto, nem por isso, deixou de dá sequência o que antes fazia. Por conta própria, ele que trabalha com máquinas pesadas, dedica parte do seu tempo às ruas de Lerolândia, tapando buracos e fazendo terraplanagem por iniciativa própria.

Trabaha também na coleta de lixo, retirada de entulhos e aterros de buracos. “Infelizmente os poderes públicos pouco aparecem por aqui. Não tenho paciência de ver muita coisa a ser feita e que ninguém dá o pontapé inicial. No entanto, tomo a iniciativa e faço o que acho que é bom para a nossa comunidade”, afirma Marcelo Motos, que a cada gesto de solidariedade, vem ganhando cada vez mais popularidade perante a população.

Por Marcos Lima

 

Compartilhar:

(Visited 37 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *