CANDIDATURA LARANJA – MP determina abertura de investigação criminal contra o Partido Republicanos, em João Pessoa

Promotoria quer comprovar denuncia do Partido Solidariedade. Bispo José Luiz poderá perder mandato de vereador na Capital

O Ministério Público Eleitoral, através da promotora de Justiça Jovana Tabosa, determinou nesta segunda-feira, 12, a instauração de Procedimento Investigatório Criminal contra o Diretório Municipal do Partido Republicanos, em João Pessoa. O objetivo é apurar denúncia de que a legenda teria usado candidata “laranja” nas eleições municipais de 2020.

Promotora de Justiça Jovana Tabosa

Em despacho feito nos autos do Procedimento de Gestão Administrativa Nº 001.2021.012626 (Nº CNMP 20.18.0176.0012626/2021-27), impetrado pelo Diretório Municipal do Partido Solidariedade, também da Capital, a representante do Ministerio Público havia determinado uma pesquisa de correlatos, para saber se já havia procedimento semelhante em trâmite. Como não existia, determinou a instauração de Procedimento Investigatório Criminal para apurar os fatos.

A abertura do Procedimento Investigatório Criminal ainda está pendente de cumprimento pelo Cartório, o que deverá ocorrer até esta quarta-feira, dia 14. A conclusão dessa investigação pode resultar na perda de mandato do vereador Bispo José Luiz, único eleito pelo Partido Republicanos na Capital. Ele foi o quarto mais bem votado nas eleições de 2020 com 5.883 votos, estando com o mandato ameaçado. Afeta também todos os outros candidatos que integraram a coligação.

O Procedimento Investigatório Criminal recai sobre a “suposta candidata laranja”, Marlene Garla, que teve “zero” voto nas eleições municipais de 2020, teria recebido recursos do fundo partidário, movimentado conta bancária e sua candidatura teria sido apenas para o partido cumprir a cota de 30% de mulheres, conforme estabelece a legislação eleitoral.

Por Marcos Lima

 

Compartilhar:

(Visited 3 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *