Vereador recorre ao Ministério Público contra falta de organização no processo de vacinação em João Pessoa

O vereador Marcos Henriques (PT) criticou a falta de planejamento no processo de vacinação contra a Covid-19 na Capital. Segundo ele, houve muita correria e aglomeração no Espaço Cultural, na manhã desta terça-feira (13).

“João Pessoa amanheceu com cenas estarrecedoras, com um corre-corre de pessoas que foram tentar se vacinar no Espaço Cultural. É o que acontece quando a vacinação é feita sem nenhum planejamento”, lamentou o parlamentar.

Marcos Henriques afirmou que recebeu vários relatos de pessoas que aguardaram na fila e não conseguiram ser imunizadas por falta de vacinas. “Tenho muito carinho pelo secretário de saúde Fábio Rocha, mas, ele precisa chamar o feito à ordem. Quantas pessoas podem ter se contaminado nas aglomerações geradas em filas para a vacinação?”, questionou.

De acordo com o vereador, não há uma organização de ordem de chegada e não é razoável que as pessoas esperem horas no sol para receber a vacina. “É preciso disponibilizar uma estrutura que funcione, onde as pessoas sejam tratadas com dignidade. Os cidadãos estão procurando a vacina para resguardar sua saúde, e podem acabar se contaminando nas filas”, alertou.

O parlamentar informou que procurou o Ministério Público para que o órgão pactue com a prefeitura Municipal de João Pessoa um plano de vacinação. “Quando um problema acontece, temos a possibilidade de corrigir. O que aconteceu hoje, não pode se repetir. Só os grandes, as pessoas que querem acertar, admitem os erros para corrigi-los. Fica aqui o pedido de um cidadão, de um vereador, que não quer que isso se repita”, reforçou Marcos Henriques.

Ele ainda sugeriu que a Prefeitura oriente melhor os cidadãos que buscam a imunização e faça uma triagem nos locais de vacinação. “A coisa está solta e gerando aglomerações. Não é razoável que a gente submeta nossos idosos a isso. Precisamos discutir o que é necessário para que isso não aconteça mais”, ratificou.

Compartilhar:

(Visited 10 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *