Vereador é expulso do Patriota após críticas a Bolsonaro

A entrada do clã Bolsonaro no Patriotas já começa a provocar rachaduras. O vereador Gabriel Azevedo (BH) foi expulso pelo presidente Estadual do Patriota de Minas Gerais (MG), Hércules de Sá.

De acordo com reportagem do Poder360, na carta de expulsão, os “posicionamentos contra o atual presidente da República, bem como a outros políticos ligados à sua família” foram usados como justificativa.

Reportagem em que o vereador falava em pedir o impeachment de Bolsonaro caso o presidente não apresentasse provas de que houve fraude nas eleições de 2018 foram apontadas pelo presidente da sigla de Minas Gerais.

O vereador, por sua vez, afirmou em nota que “está claro que tem uma ligação com a entrada do filho do presidente, mas é uma expulsão de um lugar onde ele não se sentiria tão confortável de estar”.

Fonte: Portal Brasil247

Compartilhar:

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *