PLATAFORMA GOVBRASIL – Cordenadora Federal da Pesca na Paraíba fala aos pescadores de Lucena da importância de recadastramento

Reunião ocorreu na Colônia de Pescadores Z05

Silvia Cunha, coordenadora federal da Pesca, na Paraíba, esteve nesta quarta-feira, dia 30, na cidade de Lucena, em reunião com pescadores, para falar e apresentar o novo sistema nacional de cadastramento e recadastramento de pescadores profissionais, que aconteceu na terça-feira (29), em Brasília, pelo Governo Federal. O encontro ocorreu na Colônia de Pescadores Z05 Benjamin Constant, presidida pelo vereador Severino Amâncio Barbosa (Sibiu).

“Um tema que os pescadores tratavam há um bom tempo, há quase um década, um recadastramento que trouxesse segurança, segurança jurídica e profissional aos trabalhadores do setor pesqueiro”, afirmou Silvia Cunha, popularmente chamada entre os pescadores paraibanos de “Mãe da Pesca”.

A coordenadora federal da Pesca no Estado fez ver aos pescadores do município de Lucena da importância de fazerem o seu recadastramento junto ao novo sistema totalmente informatizado e que diz respeito ao Registro de Atividade Pesqueira, que, além de gratuito, é 100% digital. “É um recadastramento que todo o pescador terá que fazer na plataforma do Governo govbrasil e a Cordenadora Federal da Pesca na Paraíba escolheu Lucena para tirar dúvidas e prestar esclarecimentos aos pescadores de como eles devem proceder para este recadastramento”, alegou Silvia Cunha.

O novo Sistema Informatizado de Registro da Atividade Pesqueira (SisRGP 4.0), lançado na terça-feira pelo Governo Federal  é um passo importante, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para o fortalecimento do trabalho de pescadores artesanais e industriais de todo o país.

Além de ser mais rápido, o novo sistema é mais seguro, pois permitirá o cruzamento de dados, combatendo fraudes relacionadas, por exemplo, ao seguro defeso, que garante a sobrevivência de quase 1,2 milhão de pescadores durante o período que ficam impedidos de pescar em razão da necessidade de preservação das espécies.

O cadastramento no SisRGP 4.0 poderá ser feito pela internet, sem precisar se deslocar até uma superintendência estadual.

É só acessar o site e criar uma conta no gov.br, optando obrigatoriamente por uma das opções de login: validação facial no aplicativo Meu Gov.Br, Internet Banking ou Certificado digital.

NA ÍNTEGRA, ENTREVISTA EXCLUSIVA COM SILVIA CUNHA, CORDENADORA FEDERAL DA PESCA NA PARAÍBA

Mapa lança novo sistema para cadastramento e recadastramento de pescadores

Compartilhar:

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *