Em Lucena-PB, chapa de gestão tenta comando de sindicato de servidores municipais

Um assunto exótico ganhou o noticiário nesta segunda-feira (23), no município de Lucena, litoral norte da Paraiba. Pela primeira vez na história do município e do movimento sindical no Estado, uma chapa da gestão tenta conquistar o domínio do sindicato dos servidores públicos municipais.

As eleições serão no dia 3 de setembro, mas, as disputas entre Servidores x Gestão tiveram início desde que a Central Única dos Trabalhadores convocou no mês de julho passado as eleições para o sindicato dos trabalhadores.

Nesta sexta-feira, o que antes era apenas dúvida extraoficial, se concretizou oficialmente. O suplente de vereador do DEM, Roberto Refrigeração, oposionista ferrenho ao atual gestor, prefeito Léo Bandeira (Solidariedade), se juntou e decidiu integrar a chapa da gestão administrativa contra a chapa 100% de servidores públicos, encabeçada pela professora Dilma Inácio dos Santos.

Além de contrariar a política sindical dos servidores públicos, para agradar a atual gestão, Roberto Refrigeração que na gestão do ex-prefeito Marcelo Monteiro (oito anos no cargo) nunca chegou a trabalhar, teria traído todos de sua legenda partidária, para benefício proprio.

Os candidatos da chapa dos servidores tentaram por várias vezes contar com o apoio de Roberto Refrigeração, no entanto, o mesmo sempre defendeu ser presidente. Na chapa da gestão, o fato dele ser candidato a vice-presidente caracterizou sua ligação direta com a gestão.

Auxiliar de serviços, as informaçãos são de que, com a adesão à gestão muncipal, Roberto Referigeração deverá ser promovido a outra função.

Nas redes sociais e nos grupos de watsaap da cidade de Lucena, o que mais se comenta é a atitude do suplente de vereador.

Fonte: Portal nafrentedanoticia.com.br

Compartilhar:

(Visited 1 times, 13 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *