Vereadores de Lucena chamam de “imoralidade” chapa da gestão para sindicato dos servidores municipais

As eleições do Sintramul – Sindicato dos Servidores Publicos Municipais de Lucena, que ocorrem no próximo dia 3 de setembro, foi um dos principais assuntos debatidos na manhã desta sexta-feira (27), pelos vereadores na Cãmara Municipal, em mais uma sessão ordinária.

O vereador Sandro Toscano (DEM) chamou de “imoralidade” a chapa supostamente montada pela gestão municipal, que tem a supervisora Alja (presidente) e Roberto Refrigeração (vice-presente) encabeçando a chapa.  Jair das Chagas (DEM) condenou a atitude de um aliado da gestão que, em audio veiculado nas redes sociais, “abre” o jogo e diz como ocorre a intrerferência da gestão junto ao sindicato dos servidores.

Em defesa da gestão municipal sairam os vereador Arnóbio Menezes e Severino Amâncio (Sibiu). Ambos falaram em democracia e não ver motivo algum a gestão municipal defender os servidores de Lucena, junto ao Sindicato da categoria.

BATE-BOCA

Os vereadores jair das Chagas e Arnóbio Menezes chegaram a bater boca em relação às eleições sindicais. No embate entre defensores da gestão x oposição, ambos fizeram suas colocações. De um lado, o vereador Jair das chagas fazendo ver que gestão jamais deveria se envolver em sindicato de servidores. Do outro lado, o parlamentar Arnóbio, que deu a parte o vereador Sibiu, saindo na defesa da gestão.

Confira discurso dos vereadores em relação ao Sindicato dos servidores

JAIR DAS CHAGAS: “Que gestão é essa?

ARNOBIO MENEZES: “Ninguém foi constrangido”

SANDRO TOSCANO: “Chapa da Gestão é uma Imoralidade”

SEVERINO AMÂNCIO (Sibiu): “Funcionários estão recebendo muito bem”

Compartilhar:

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *