seg. out 25th, 2021

Vereador pessoense quer retratação do deputado estadual Walber Virgulino

Marcos Henriques (PT) ainda fez um paralelo entre a declaração do deputado estadual Walber Virgulino (Patriota) e ações do Governo Federal

Na sessão ordinária híbrida da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), desta quinta-feira (30), o vereador Marcos Henriques (PT) se pronunciou sobre afirmações feitas pelo deputado estadual, Wallber Virgolino (Patriota), na última quarta-feira (29) e pediu retratação ao parlamentar. “Não posso dizer que na Assembleia Legislativa tem 36 parlamentares que não sabem o que querem. É equivocada a forma como ele tentou atingir a todos nós”, reclamou. O vereador ainda fez um paralelo entre a declaração do deputado e ações do Governo Federal.

“Preciso fazer uma reflexão sobre política. A política deve ser feita com ética, respeito e coerência. Ao se agredir uma casa legislativa se rompe com o respeito e a ética. Foi um equívoco a forma com a qual o deputado Walber Virgulino atingiu os 27 vereadores desta Casa. Representantes aprovados pelo povo de João Pessoa. Ele tentou atingir a oposição desta Casa”, destacou o vereador que ainda completou: “Se ele quiser aprender a fazer oposição dê uma olhada nas minhas redes sociais, quem sabe ele deixa de usar firulas e passa a fazer a boa política. Não preciso andar de cavalo na cidade para fiscalizar a cidade. Acho que ele deveria denunciar o governo Bolsonaro que desvirtua os temas importantes com polêmicas para não tratar sobre inclusão social, política econômica, habitação e meio ambiente”, afirmou.

O vereador admitiu divergências com os vereadores do Partido Patriota, mas acrescentou que pratica o bom debate e respeita o direito ao contraditório. Marcos Henriques sugeriu que o deputado, que é o presidente estadual do Patriota na Paraíba, conversasse com seus companheiros de legenda e que apoiasse a iniciativa do deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP), aprovada na Câmara Federal, ontem, que institui o auxílio ‘Gás Social’, para famílias de baixa renda.

“Esse Governo Federal não diz a que veio. O combustível já chegou a R$ 7,00 porque está indexado ao dólar. Estamos comendo carne com a dificuldade que havia 20 anos atrás. Defendem o presidente Jair Bolsonaro dizendo que ele defende a pátria e não percebem que ele está vendendo nosso país, batendo continência para os Estados Unidos. E há aqueles que dizem que ele eleva os princípios cristãos, e não enxergam que defende o armamentismo e da boca dele só sai contendas. Isso tem que ser avaliado no momento oportuno”, argumentou.

Apartes 

Os vereadores Odon Bezerra (Cidadania) e Mikika Leitão (MDB) corroboraram com as palavras de Marcos Henriques. “Walber Virgulino com seus arroubos às vezes extrapola os limites. Parafraseando o provérbio chines, ‘há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida’. Mesmo com a liberdade de expressão, precisamos ter freios na língua”, disse Odon. “Já que o senhor colocou a política nacional no meio devo dizer que estamos preocupados com esse presidente psicopata no poder. Que diz que não toma vacina e não valoriza a importância dela para a volta do novo normal. Espero que não suportemos mais quatro anos disso. Ninguém aguenta mais”, confidenciou Mikika.

O deputado estadual Wallber Virgolino (Patriota), compartilhou um vídeo manhã desta quarta-feira (29), no qual questionou se há vereadores em João Pessoa, sem nem mesmo levar em consideração que o seu partido tem três representantes na Capital: os vereadores Carlão, Marcílio do HBE e Tarcísio Jardim, que usaram a tribuna para se desculparem pela declaração do deputado estadual.

Fonte: Ascom CMJP

Share this:

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *