sáb. jan 22nd, 2022

Cícero diz que gestão não pode permitir grilagem

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), afirmou que a gestão municipal vai atuar nas áreas em que houver invasões na cidade desde que haja intervenção judicial. O gestor comentou a ação que resultou na desocupação da comunidade Dubai I, em Mangabeira, e disse que o local era usado para grilagem de terrenos.

“O que não podemos permitir é a grilagem e a bandidagem para ocupar e explorar aqueles que não tem (recursos). Isso é o mais grave”, avaliou o prefeito, sobre o loteamento irregular realizado em área de proteção ambiental. “É ocupar a área pública e vender área pública a quem mal tem dinheiro para comer”, lamentou.

Questionado sobre outras intervenções em locais com perfil semelhante, o prefeito afirmou que vai aguardar decisões judiciais. “O poder público, ou mesmo o proprietário privado, tem prazo de 48 horas para retirar invasões e, em isso não ocorrendo, precisa de um a decisão judicial. Nós vamos aguardar as decisões judiciais, onde tiver a mobilização do Ministério Público, da comunidade ou da Prefeitura de João Pessoa, para retomada de suas áreas. Nós estamos prontos para agir dessa forma”, disse.

Sobre a ação na comunidade Dubai, o prefeito avaliou como um processo educativo. “Tivemos a competência de fazer a maior desocupação do Brasil sem uma tapa, sem um tiro, com diálogo, apoio e estrutura. Tenho certeza que algumas pessoas não se deixarão mais serem enganadas por aqueles que prometem o terreno apenas para tomar o dinheiro”, avaliou.

Share this:

(Visited 15 times, 1 visits today)