ter. jun 28th, 2022

IBGE abre inscrições para quase 4 mil vagas na Paraíba

Na Paraíba, são oferecidas 3.879 vagas para os cargos de recenseador e de agente censitário. As inscrições seguem até o dia 29 de dezembro.

 

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu nesta quarta-feira (15) as inscrições para processos seletivos com mais de 200 mil vagas para todo o Brasil. Na Paraíba, são oferecidas 3.879 vagas para os cargos de recenseador e de agente censitário. As inscrições seguem até o dia 29 de dezembro.

Para o cargo de recenseador, são oferecidas na Paraíba 3.380 vagas. Para o cargo é exigido nível fundamental e o candidato deverá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa para participar da seleção é de R$ 57,50, pode ser paga até 25 de janeiro, e a prova será aplicada na manhã do dia 27 de março de 2022. A previsão é que os aprovados trabalhem por até três meses na coleta domiciliar.

Já para o cargo de agente censitário, a Paraíba tem disponíveis 499 vagas, sendo exigido nível médio. Os salários são de R$ 1.700 e R$ 2.100, respectivamente. A taxa de inscrição é de R$ 60,50, pode ser paga até 25 de janeiro, e a prova será realizada também em 27 de março, só que na parte da tarde. As inscrições para recenseador e agentes censitários podem ser feitas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Os processos seletivos para o Censo 2022 permitem a solicitação da isenção do pagamento da taxa de inscrição para pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico.

Para recenseador, o pedido deverá ser feito até o dia 29 de dezembro. Após o envio dos dados e documentação necessária, a solicitação passará por uma análise da organizadora. O resultado preliminar dos pedidos de isenção de taxa será no dia 11 de janeiro, cabendo recursos nos dias 12 e 13 de janeiro. No dia 24 de janeiro, sai o resultado definitivo. Caso o pedido de isenção seja indeferido, o candidato poderá pagar a taxa até o dia 25 de janeiro.

Coleta do Censo 2022 será presencial, por telefone ou internet

Ciente do contexto de pandemia, o diretor adjunto de Pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo, acrescenta que o Instituto está desenvolvendo protocolos que garantam a segurança do recenseador e do morador durante a coleta das informações. Além dos procedimentos de segurança, como uso de máscara, álcool e distanciamento mínimo, o morador terá a opção de responder ao recenseador presencialmente, por telefone ou ainda preencher o questionário pela internet.

“Essas três formas de coleta serão utilizadas durante a operação do Censo 2022. De qualquer forma, o recenseador terá que ir ao domicílio, seja para realizar a entrevista no local, obter o telefone do morador ou fornecer o link e a chave de acesso ao questionário para que o próprio morador preencha o questionário pela internet. O IBGE vai visitar mais de 70 milhões de domicílios. Estamos trabalhando para que a pesquisa que retrata o país seja realizada com segurança para todos”, garante Cimar.

Censo 2022 vai visitar todos os municípios brasileiros

No ano que vem, cerca de 213 milhões de habitantes, em mais de 70 milhões de domicílios, serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país. A pesquisa revelará entre outras informações, as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo. Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do país.

(Visited 1 times, 1 visits today)