qua. jan 26th, 2022

NESTA SEGUNDA – Professores de Lucena fazem movimento para que prefeto não devolva R$ 5,2 milhões do Fundeb para o governo Bolsonaro

Profissionais do Magistério vão se concentrar às 9h na Praça Central. Pedem que prefeito Léo Bandeira encaminhe à Câmara de Vereadores Projeto de Lei determinando rateio de recursos do Fundeb

Mais um “Dia de Luta” na tentativa de que a Prefeitura Municipal de Lucena encaminhe Projeto de Lei para ser votado na Câmara de Vereadores, antes do dia 31, determinando o rateio das sobras de recursos do Fundeb com os profissionais da Educação. Na manhã desta segunda-feira, dia 20, profissionais do magistério e funcionários de diversas categorias  farão manifestação na Praça Central de Lucena cobrando uma posição oficial do prefeito Léo Bandeira, sobre a questão.  A concentração está programada par se iniciar às 9h.

Na semana passada, os profissionais do magistério fizeram manifestação em frente à Prefeitura Municipal. Com cartazes e palavras de ordem, eles pediam para que o prefeito Léo Bandeira não devolva ao Governo Federal os recursos na ordem de R$ 5,2 milhões que sobraram do Fundeb na temporada 2021. A Câmara de Vereadores também já chegou a ser ocupada pelos profissionais da educação para que a reivindicação fosse feita pessoalmente ao prefeito, em audiência.

O rateio com os profissionais do magistério, de acordo com a categoria, seria o caminho encontrado pela gestão municipal, em vez de devolver aos cofres públicos do Governo Bolsonaro. Uma comissão de professores, tendo à frente a professora Dilma Inácio, presidente do Sintramul (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Lucena) tem se reunido com a Procuradoria Geral do Município, no entanto, não tem conseguido o desfecho necessário sobre o rateio.

Em várias outras prefeituras brasileiras, dentre elas paraibanas (uma delas é a de Conde), o rateio foi determinado através de Projeto de Lei. Essa mesma ação é o que pede os profissionais do magistério da cidade de Lucena.

O presidente da Câmara Municipal de Lucena, vereador Kenedy Batista da Costa (Keninho) já deu sinais positivos para a aprovação do Projeto de Lei, no entanto, é necessário que a Prefeitura encaminhe para o Poder Legislativo.

O movimento desta segunda-feira (20) será muito mais organizada, conforme promete os manifestantes, inclusive, com a presença de um carro de som, maior número de funcionários e faixas e cartazes. Mais uma vez, todos vão tentar nova reunião com o prefeito Léo Bandeira e com os procuradores municipais.

Por Marcos Lima

FLAGRANTES DO MOVIMENTO PASSADO

Share this:

(Visited 42 times, 1 visits today)